O sentido de vida é o que nos norteia diante de qualquer contexto de privação e dor

A experiência de Viktor Frankl nos ensina que é possível superar as fissuras da história e recomeçar com amor e esperança.

Os jovens precisam de guias disponíveis

Com a palavra, o Beato João Paulo II: A juventude não é apenas um período da vida que corresponde a uma determinada faixa etária, mas é, no conjunto, um tempo concedido pela Providência a cada ser humano, sendo-lhe conferido como tarefa. Nesse período ele procura, como o jovem do Evangelho, a resposta às suas interrogaçõesContinuar lendo “Os jovens precisam de guias disponíveis”

Fomos criados para a vida

Neste Dia de Finados, assim dizia o padre na homilia: “Nós pensamos na vida, é verdade, porque ela é dom de Deus e nós queremos muito viver. Porém, devemos também pensar na nossa morte, não para nos amedrontarmos, muito menos desesperarmos, porque Jesus já venceu a morte, mas para não se distanciar da consciência deContinuar lendo “Fomos criados para a vida”

A existência de Deus

Em 2006 em sua emotiva visita ao campo de concentração de Auschwitz, sua santidade, o papa Bento XVl exclamou: “Por que, Deus, o Senhor permaneceu em silêncio? Como pode tolerar tudo isso? Onde estava Deus naqueles dias? Por que ficou em silêncio? Como pode permitir massacre sem fim, esse triunfo do mal?” A compreensível angústiaContinuar lendo “A existência de Deus”

Amizade: se queres o mel, não destruas a colméia!

Pasquale Iónata Psicólogo Membro do Movimento dos Focolares Antes de mais nada, gostaria de deixar claro que as minhas referências são exclusivamente psicológicas, não têm a pretensão de esgotar toda a beleza da amizade e toda a profundidade da doação, uma das experiências humanas mais elevadas. Deparei certa vez com uma pesquisa realizada pelo InstitutoContinuar lendo “Amizade: se queres o mel, não destruas a colméia!”