Não tem preço o bem que queremos aos amigos

Não se aprende a contar o número de amigos, mas a amá-los, porque cada autêntica amizade é uma experiência única, uma dádiva, uma vida que passa a existir significativamente aqui dentro de nós. As Sagradas Escrituras dão testemunho que são poucos os amigos, mas eles, além de dom, são promessas escatológicas, ou seja, antecipam emContinuar lendo “Não tem preço o bem que queremos aos amigos”

Adorar em nós a Santíssima Trindade

Testemunha Frei Patrício Sciadini: A minha experiência do amor trinitário aconteceu quando encontrei um livro pequeno chamado “retiro com a Beata Elisabeth da Trindade”. Nem sabia bem quem ela era, mas sabia que era carmelita. Ao ler, encontrei a famosa elevação à Santíssima Trindade. Li e reli e foi como se “escamas dos meus olhosContinuar lendo “Adorar em nós a Santíssima Trindade”

Paz a vós ou, simplesmente, shalom!

Bastante significativa e providencial é a meditação do Evangelho de São João 20, 19-31 neste 2º Domingo da Páscoa, também chamado de “Domingo da Misericórdia”, exatamente o dia da beatificação de João Paulo II. Para quem não sabe, este texto bíblico constitui o “mistério cristológico” da Vocação Shalom, ou seja, a Palavra que fundamenta oContinuar lendo “Paz a vós ou, simplesmente, shalom!”

Construirei a “casa” que procuras!

Para quem é de Fortaleza e esteve na Santa Missa da Solenidade de São José (Catedral), teve a feliz oportunidade de escutar umas das mais bonitas e profundas homilias do nosso arcebispo, Dom José Antônio Tosi. Arrependi-me de nada ter anotado, mas grudei os ouvidos do meu coração a contemplarem aquelas palavras desconcertantes, provocadoras eContinuar lendo “Construirei a “casa” que procuras!”

Só me resta o teu amor, Senhor, e ele não me decepcionará!

O mistério de Tua Eleição na vida de uma pessoa, Senhor, ultrapassa-a e foge de todos os esquemas e planos, inclusive, dos que aparentam tão justos e lícitos. O mistério desta eleição vai buscar no escondimento os eleitos, escolhe-os não como melhores em detrimento dos piores, mas por vontade Tua e porque esta é aContinuar lendo “Só me resta o teu amor, Senhor, e ele não me decepcionará!”

O homem é vocacionado à eternidade!

O mal é certamente um sofrimento na vida do homem e do mundo, é também um mistério. Mistério esse que nem mesmo os autores modernos que, ao escreverem suas considerações sobre o “Deus im-potente”, não dizem tudo. Portanto, o ateísmo que assola o mundo de hoje promove suas campanhas como consequência também de um desespero.Continuar lendo “O homem é vocacionado à eternidade!”

Tu te tornas aquilo que contemplas!

Diante da beleza dos espaços sagrados somos envolvidos no mistério, recordamos que somos a mais bela de todas as obras e nos maravilhamos com a beleza da vida de Deus em nós. Deus nos escolheu como morada porque nos ama, simplesmente porque nos ama. Quando o nosso espaço está manchado pelo pecado, é a suaContinuar lendo “Tu te tornas aquilo que contemplas!”

Felizes os convidados para a Ceia do Senhor!

“Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo”. É com muita alegria e esperança na misericórdia de Deus que assim rezamos no último ato litúrgico que antecede a comunhão eucarística. Santo Agostinho afirmava que,Continuar lendo “Felizes os convidados para a Ceia do Senhor!”

Um adequado anúncio de Deus para nossos contemporâneos

A nostalgia de Deus nasce do coração, do núcleo central da pessoa humana, no qual as faculdades ainda se encontram unidas. Tanto a afetividade como a liberdade desempenham importante papel no conhecimento humano. A ação de Deus como Mistério atinge a totalidade da pessoa em seu coração, mesmo que esta não consiga traduzir tal açãoContinuar lendo “Um adequado anúncio de Deus para nossos contemporâneos”