Uma vida sem a Cruz de Cristo chama-se inferno

Homilia do Pe. Aristóteles, CCSh. – Shalom de Fátima, Liturgia do 22º Domingo TC, 28 de agosto de 2011. Irmãos e irmãs, A Liturgia da Palavra deste domingo é muito significativa em sua mensagem e, temos de dizer, muito forte. E começamos já falando da pessoa de Pedro, este que é tão parecido conosco. ComoContinuar lendo “Uma vida sem a Cruz de Cristo chama-se inferno”

Por que não deixei o sacerdócio

Forte e belo testemunho sacerdotal descrito por Frei Patrício Sciadini – Leia-o e reze pelos padres, faça chegar este texto a todos os sacerdotes que você conhece. Fiquei muito comovido, pregando retiro dos padres de uma diocese. No encerramento, na celebração eucarística, dei a palavra ao sacerdote mais idoso, 83 anos, um holandês alto, quaseContinuar lendo “Por que não deixei o sacerdócio”

Sem santidade toda obra ruma ao fim

A apresentação do Ministério Adoração e Vida no Festival Halleluya 2011, noite de 22 de julho, marcou o lançamento em Fortaleza do seu novo Cd “Em Santidade” diante de 220 mil pessoas. Este Ministério, que tem a paternidade de Walmir Alencar, o homem das composições ungidas, favorece sempre no Halleluya um momento muito forte deContinuar lendo “Sem santidade toda obra ruma ao fim”

Mulheres, minhas irmãs, quão grande é a vossa missão!

Interpretando as palavras da reflexão sobre o belo mistério da relação de Jesus com as mulheres, em Nélida Piñon (Cartas entre Amigos II, Pe. Fábio e Chalita), posso assim concluir que Jesus amou as mulheres. Graças a Maria, sua mãe, familiarizou-se com o Ser feminino. As estruturas do seu tempo não as valorizavam, mas JesusContinuar lendo “Mulheres, minhas irmãs, quão grande é a vossa missão!”

É belo ser católico, mas que esta luz brilhe!

Jesus fala hoje de três pequeníssimas parábolas (cf. Mt 5,13-16). A parábola do sal, da luz e da cidade colocada no cimo do monte. Com essas parábolas Jesus nos faz compreender, claramente, qual deve ser a nossa missão: ser sinais vivos presentes e não ter medo de nada. O cristão não pode se esconder eContinuar lendo “É belo ser católico, mas que esta luz brilhe!”

Padre, como é belo, na alegria e no sofrimento, poder contar contigo!

O Discurso do santo padre, Bento XVI, aos membros da Cúria Romana (Dez/2010) é profundamente rico na sua mensagem e comovente, especialmente, quando fez referência ao Ano Sacerdotal. Ali está o coração do papa por dentro quando sofre com os pecados e escândalos dos irmãos no ministério, mas também, sobretudo, pela alegria e gratidão pelosContinuar lendo “Padre, como é belo, na alegria e no sofrimento, poder contar contigo!”

Santa Teresa: uma das mais importantes mulheres de Deus!

O contexto Também o tempo de Teresa de Ávila (1515-1582) era de secularização ou o começo dele. Os grandes cataclismos históricos e religiosos influenciavam as consciências e interferiam nos interesses e nos ideais, tais como: o Heliocentrismo, o Cisma Luterano, o Calvinismo, o Anglicanismo e o Concílio de Trento. O “alegorismo teológico” escondia o verdadeiroContinuar lendo “Santa Teresa: uma das mais importantes mulheres de Deus!”

Cem vezes mais…, e com perseguições!

Ao meditarmos o Evangelho (Mc 10, 28-31) desta terça-feira, 25 de maio, poderíamos nos perguntar: “Recebendo cem vezes mais não nos tornaríamos ricos? Não faz Jesus uma apologia à riqueza aos que tudo deixaram para segui-Lo?”. Na verdade, a lógica de Jesus não é oposição à riqueza, muito menos apologia, mas denúncia ao acúmulo eContinuar lendo “Cem vezes mais…, e com perseguições!”

Papai e mamãe, vocês têm uma missão insubstituível!

Mesmo que seja um “mandamento decorado”, sabe-se que, como filhos, devemos honrar pai e mãe. O Livro do Eclesiástico fala de forma muito bonita sobre isso: “Ouvi, meus filhos, os conselhos de vosso pai; segui-os de tal modo que sejais salvos” (Eclo 3,2). Estamos diante de profundas mudanças nos valores vividos por nossas famílias eContinuar lendo “Papai e mamãe, vocês têm uma missão insubstituível!”

Não os tires do mundo

A oração de consagração que faz Jesus por seus discípulos atualiza sempre a nossa missão como batizados no mundo. É bonito e tocante ver Jesus rezando desta forma ao Pai: “Não te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno. Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo.Continuar lendo “Não os tires do mundo”