Tempo, contextos e até pecados não mudam os propósitos de Deus

O envio dos discípulos para anunciar o Evangelho faz memória de salvação do que Deus realizou em nós. Tempo, contextos e até pecados não mudam os propósitos de Deus para nós. O seu amor nos marca como ferro e fogo! A Liturgia da Palavra do 3º Domingo da Páscoa (Ano A / 2020) é aContinuar lendo “Tempo, contextos e até pecados não mudam os propósitos de Deus”

“Eis que eu farei coisas novas…”

Maravilhosamente e providencialmente a Liturgia da Palavra do 7º Domingo do Tempo Comum traz uma rica mensagem sobre a misericórdia de Deus que está para além de nossas fraquezas e pecados. Ao mesmo tempo nos exorta e proporciona o despertar da consciência de que o pecado gera em nós “fadiga para com as coisas deContinuar lendo ““Eis que eu farei coisas novas…””

De braços abertos: o amor de Deus sempre nos espera!

As luzes coloridas do Cristo Redentor (noite de 06 de fevereiro) sinalizavam – ao meu ver  – muito mais que as simples cores referentes às bandeiras dos 150 países que estarão representados na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 2013, Rio de Janeiro, mas também sinalizavam o começo de um novo tempo na vida daContinuar lendo “De braços abertos: o amor de Deus sempre nos espera!”

Perdoar sempre, e ir adiante…

Bem sabemos que o ato do perdão não é mágico, mas processo de síntese, entrada em si mesmo, memória do que Deus fez e faz por nós, como ainda desejo de ser livre no corpo, na alma, na mente… Perdoar não simplesmente porque “o outro é culpado”, mas porque o perdão nos humaniza, nos diviniza,Continuar lendo “Perdoar sempre, e ir adiante…”

O mistério de amor em cada noite do Halleluya

Cada noite do Festival Halleluya, como bem sabemos, é uma feliz ocasião de recebermos muitas graças, sobretudo pelo anúncio da Palavra e pela adoração a Jesus Eucarístico. Ficamos sempre muito impressionados com a condução da adoração, o que favorece todo aquele mundo de gente fazer silêncio e manifestar respeito por Jesus. Só uma coisa explica:Continuar lendo “O mistério de amor em cada noite do Halleluya”

Ser “ponte” para que o amor viva o seu encontro

Quando analisamos o percurso histórico e os contextos nos quais se davam os laços matrimoniais, não é difícil constatarmos num tempo não muito distante, como tudo era muito complicado, embora se diga que os frutos eram melhores do que os que emanam das relações conflituosas de nossos dias. Não se podia imaginar a “autonomia daContinuar lendo “Ser “ponte” para que o amor viva o seu encontro”

A ruína veio me ensinar

Em dias atuais estamos como que nos acostumando com uma crescente propagação das ações contrárias ao bem e chegamos a sentir nossas forças construtivas em condições díspares quando temos de alimentar em nós e nos outros a esperança. No entanto, há de evidenciar o que é característico de nossa identidade cristã: “Não devemos nos cansarContinuar lendo “A ruína veio me ensinar”

Halleluya: a semente em terra boa!

Tudo pronto, dá início em Fortaleza o Halleluya 2010! Como dizia o lema da Seleção Brasileira: “Lotado! O Brasil inteiro está aqui dentro!” A expectativa é de 800 a 1 milhão de pessoas no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). Não só o Brasil está representado no Halleluya, mas pessoas de outros países que vêm por intermédioContinuar lendo “Halleluya: a semente em terra boa!”

Halleluya 2010: "A força que faz viver!"

O tema do Halleluya 2010: “A força que faz viver!”, que tem início na próxima quarta-feira, 21 de julho e se estende até o Domingo, não quer falar evidentemente de uma força qualquer. Esta força não diz respeito unicamente ao volume de pessoas, talvez quase um milhão neste ano somente nos dias principais, sábado eContinuar lendo “Halleluya 2010: "A força que faz viver!"”

Fora do amor de Deus não há descanso!

Já não temos dúvida da revolução que a vida de Jesus realizou em nós depois que, de fato, fizemos uma forte experiência com Sua vida. Lembro de uma antiga canção do Pe. Zezinho em que eu cantava sempre e que diz assim: “Jesus Cristo me deixou inquieto com as palavras que ele proferiu, nunca maisContinuar lendo “Fora do amor de Deus não há descanso!”