Deus nos deu uma nova maneira de tecer nossas histórias!

Dia Mundial das Comunicações Sociais 2020 – reflexão sobre o tear da vida humana, histórias boas e ruins e a memória da nossa salvação.

Ainda no início de fevereiro de 2020 quando li a Mensagem do Papa Francisco para o 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado no domingo, 24 de maio, fiquei impressionado com a riqueza do texto, sua narrativa, sua mensagem forte e atual. Confesso que passei dias lendo, relendo, meditando, pesquisando e pensando na vida do mundo e suas comunicações, nas histórias com as quais convivemos e, claro, pensando na minha vida.

O papa construiu a Mensagem baseada no livro do Êxodo 10,2 – “Para que possas contar e fixar na memória (Ex 10, 2). A vida faz-se história”. Trata-se de um texto dedicado a todos os Comunicadores de forma especial, sobretudo os cristãos, mas também a todas as pessoas, e nos faz compreender que a vida é feita de histórias, um verdadeiro tear, no qual são tecidas histórias humanas ruins e boas. Encontramos histórias de falsidade, violência e consumismo; histórias devastadoras e provocatórias, que corroem e rompem os fios frágeis da convivência. O texto nos insere no mundo que vivemos do tear das comunicações modernas com informações falsas e discursos banais persuasivos, que mostram ódio e provocam divisões e condenações. Isso não tece a história humana, mas despoja o homem da sua dignidade.

Mas, em contrapartida, há histórias que nos ajudam a reencontrar as raízes e a força para prosseguirmos juntos; histórias que falam de nós mesmos e do que nos habita”.

Papa Francisco

Usando termos modernos sobre ferramentas da comunicação social, o Papa cita Storytelling e deepfake para dizer que precisamos de sabedoria para patrocinar e criar narrações belas, verdadeiras e boas; histórias que tragam à luz a verdade daquilo que somos, mesmo na heroicidade oculta do dia a dia. A  Sagrada Escritura é uma História de histórias. Quantas vicissitudes, povos, pessoas nos apresenta!

Francisco descreve na maior parte da sua mensagem a história da nossa salvação, a memória do que Deus fez um dia pela humanidade e por nós e que nunca é inútil narrar a Deus a nossa história, e ainda que permaneça inalterada a crônica dos fatos, mudam o sentido e a perspectiva.

Em Jesus Deus teceu-Se pessoalmente com a nossa humanidade, dando-nos assim uma nova maneira de tecer as nossas histórias.

Papa Francisco

Podemos narrar a Jesus as histórias que vivemos e conduzir as pessoas, confiar situações. Com Ele, podemos recompor o tecido da vida, cosendo as rupturas e os rasgões. Todos nós precisamos disso! Que Maria nos ajude, ela que teceu a humanidade de Deus no seio e – diz o Evangelho – teceu conjuntamente tudo o que Lhe acontecia. a Virgem Maria tudo guardou, meditando-o no seu coração (cf. Lc 2, 19). Peçamos-Lhe ajuda a Ela, que soube desatar os nós da vida com a força suave do amor.

Deus abençoe a todos os Comunicadores, para que usemos os meios e ferramentas de forma criativa na construção daquilo que dignifica a humanidade. (Por: Marcos de Aquino)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: