Não se faça em mim motivo de condenação

Na Eucaristia de 28 de julho, na Catedral de Fortaleza, pelo 17º Domingo do TC (Ano C/2019), duas situações me chamaram a atenção. A primeira, como de costume, as breves e eficazes palavras da homilia, proferida pelo Pe. Clairton Alexandrino, pároco. 
Disse o reverendo: “Abraão pediu, insistiu com Deus e perguntou-Lhe por 6x se Ele destruiria a Cidade de Sodoma caso houvesse uma determinada quantidade de justos lá presentes. “Não, por eles não destruirei!” Abraão não achou que teria direito de pedir e exigir aquilo de Deus, por isso fez com humildade, ciente de ser pó e cinza. Deus é justo e ver além, ver a nossa felicidade! Que seja feito o melhor para nós, não o que achamos que deva ser e o que queremos que seja. E, um detalhe muito importante, extraído da compreensão do texto: o justo não tem aqui e não terá no fim a mesma medida que os injustos. Portanto, onde quer que você esteja a marca do amor de Deus te faz ter uma medida diferente, e isso comporta uma missão e uma bênção, não esqueça!
A segunda coisa que me chamou a atenção foi a canção do ato litúrgico da comunhão, “venho Senhor”, da Banda Vida Reluz, lá do seu início, quando ainda tinha Walmir Alencar como vocalista.  A decisão é pessoal, consciente e cheia de fé de que ali é Deus e que algo acontece na minha vida. Se o desejo do homem é ver a face de Deus, naquele momento, reconciliados consigo, com o outro e com Deus cantamos: “E ao receber Teu Corpo e Sangue, Senhor, não se faça em mim motivo de condenação, mas se faça sim, Senhor, presença Tua em mim, és grande, ó meu Salvador!”

As canções desse CD imprimiram uma marca na minha vida! Portanto, aquele momento celebrativo marcou um reencontro, uma memória, e, sobretudo, um retorno. Deus tem um propósito para a nossa vida e Ele sabe nos dar coisas boas, se assim o pedirmos e se for a sua vontade. Aconteça o que acontecer o mais importante é que a comunhão com Deus seja reatada, pois somente n’Ele temos uma vida de sentido e felicidade verdadeira. Saí daquele templo cheio de gratidão!

Escute aqui a canção: https://youtu.be/k8Smqd8dC-4

Por: Antonio Marcos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: