A dor pode te fazer uma pessoa nova

Já parou pra pensar que os momentos de crescimento interior, de reflexão, de reformulação da vida, de reencontro consigo acontece de forma mais esplêndida e oportuna diante do momento de dor? Pois é, isso não é “masoquismo”, sentimentalismo, culto à tristeza, muito menos questão religiosa apenas. Isso é constatação de quem, mais do que ninguém, estuda o comportamento e os mecanismos do pensamento humano, como a psicologia, a psicoterapia, a psicanálise, a hipoterapia, e também, é claro, o fenômeno humano religioso baseado em fatos concretos, etc. Não é o caso aqui falar desses mecanismos, porque se trata apenas de uma breve partilha e não sou um especialista na temática.

É surpreendente fazer o “processo da regressão da vida”, ou seja, voltar a um tempo da nossa história para compreender os nossos dias atuais, as nossas escolhas, o que dá certo e o que dá errado, nossos traumas, nossas projeções, nossos apegos e nossa forma de se relacionar com tudo em torno a nós. A religião cristã usa alguns mecanismos para essa regressão, e conheci o mais recente, o “fio de ouro”, desenvolvido pela Comunidade Católica Shalom, com base na Logoterapia, ou seja, o estudo sobre o sentido da vida, que tem como âncora o sobrevivente do campo de concentração, o psicanalista Viktor Frankl (1905-1997).  Confesso que seus livros fazem sempre uma revolução na minha vida, quando fala da dor no campo de concentração, do que é mais importante na vida, da capacidade de ressignificar um sentimento de perda e vazio e de como devemos viver a esperança. Existe uma dor maior que a física, e é exatamente nesta que mais podemos crescer, evoluir, voltar a ser quem somos, pessoas! A dor pode te fazer uma pessoa nova!

Descubramos em nós o que é o amor e o que é o apego, o motivo pelo qual sofremos. Descubramos os mecanismos mais infiltrados nas fases primeiras da nossa vida e que acabam “guiando inconscientemente a nossa história” e apontando injustamente os culpados. Podemos ser livres de uma vez por toda! O seu hoje e o seu futuro necessariamente não quer dizer que serão uma repetição do ontem. Sua vida não é um rio congelado. As coisas não estão pré-determinadas, mas são construídas com o que você aprende e vive na sua vida hoje. Eu não sei ensinar esses mecanismos, não sou capacitado e nem apto para isso, mas apenas quero dizer que o momento oportuno pode ser o da dor, da perda, da frustração, do sentimento de rejeição, etc. Aproveite isso! A Bíblia tem incontáveis histórias reais de como algumas pessoas viveram esses processos, eu poderia citar muitos deles, mas, o mais importante é você aprender a fazer da sua dor esse processo de regressão para dar-lhe um novo significado, compreender o que está por trás, ser livre, perdoar os outros e ser feliz, viver como pessoa que ama e sorri, sente e chora, mas é feliz!

Antonio Marcos     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: