A Palavra muda o nosso conceito de realidade




/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

Quem conhece a Palavra divina conhece plenamente também o significado de cada criatura. De fato, se todas as coisas “têm a sua subsistência” n’Aquele que existe “antes de todas as coisas” (Cl 1,17), então quem constrói a própria vida sobre a sua Palavra edifica de modo verdadeiramente sólido e duradouro. A Palavra de Deus impele-nos a mudar o nosso conceito de realismo: realista é quem reconhece o fundamento de tudo no Verbo de Deus. Isto revela-se particularmente necessário no nosso tempo, em que manifestam o seu caráter efêmero muitas coisas com as quais se contava para construir a vida e sobre as quais se era tentado a colocar a própria esperança. Mais cedo ou mais tarde, o ter, o prazer e o poder manifestam-se incapazes de realizar as aspirações mais profundas do coração do homem. De fato, para edificar a própria vida, ele tem necessidades de alicerces sólidos, que permaneçam mesmo quando falham as certezas humanas. Na realidade, já que “para sempre, Senhor, como os céus, subsiste a vossa palavra” e a fidelidade do Senhor “atravessa as gerações” (Sl 119,89-90), quem constrói sobre esta palavra, edifica a casa da própria vida sobre a rocha (cf. Mt 7,24). Que o nosso coração possa dizer a Deus cada dia: “Sois o meu abrigo, o meu escudo, na vossa palavra pus a minha esperança” (Sl 199, 114), e possamos agir cada dia confiando no Senhor Jesus como São Pedro: “Porque tu o dizes, lançarei as redes” (Lc 5,5).
Fonte: Bento XVI. Dei Verbum, (Parte I, 10).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: