O mistério de amor em cada noite do Halleluya

Cada noite do Festival Halleluya, como bem sabemos, é uma feliz ocasião de recebermos muitas graças, sobretudo pelo anúncio da Palavra e pela adoração a Jesus Eucarístico. Ficamos sempre muito impressionados com a condução da adoração, o que favorece todo aquele mundo de gente fazer silêncio e manifestar respeito por Jesus. Só uma coisa explica: a graça de Deus que age no meio e dentro de nós. O Halleluya é uma obra de Deus, por isso dizemos que ele tem um mistério que não se mede pelo número de pessoas, mas pelo que acontece na vida de muita gente. Depois da adoração a Jesus Eucarístico tive a oportunidade de ajudar uma linda jovem que tem deficiência física e mental se locomover até a área dos banheiros. Tive a curiosidade de perguntar à sua tia sobre os motivos de trazê-la ao Halleluya sendo ela deficiente e ainda mais com tanta gente. Esta foi a resposta que recebi: “Meu filho, todos os anos ela vem ao Halleluya porque diz que Jesus a chama para estar aqui, e ela ama muito a Jesus. Assim eu acabo trazendo-a mesmo com dificuldades, mas descobri aqui que a maior deficiência era a minha por não conhecer o amor de Deus! Ela me ajudou a chegar aqui e por isso não é nenhum peso trazê-la”. Claro que não precisei dizer mais nada! Apenas silenciei e depois fui à Capela do Santíssimo no Espaço da Misericórdia agradecer a Deus pelo Seu amor e pelo mistério de suas ações, pela oportunidade de viver aquela simples, mas tão significativa experiência. E na Capela, olhando Jesus, conversamos sobre as minhas deficiências…
Antonio Marcos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: