Rosa de Saron no Halleluya: simplesmente apaixonante!




/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

O relógio marcava 01h e 35 minutos já deste novo dia quando o Rosa de Saron entrou no Palco do Halleluya pela primeira vez em 14 anos de existência do evento. Mais do que esperado, amado e prestigiado, sobretudo, por uma massa de jovens que é bonito de se ver. Suas camisas pretas pintadas com a imagem da Banda, seus cabelos coloridos e piercings, jovens de diferentes realidades que não têm a experiência do amor de Deus, mas que estão sendo atraídos ao Halleluya, expondo-se à ação da graça de Deus, o que é maravilhoso saber e ver isto. E os jovens precisam saber mais do que nunca que “há sempre uma escolha, há sempre um caminho” que dignifica nossas vidas, Jesus Cristo.
Também é verdade que a grande maioria dos participantes do Halleluya e dentre ela os jovens de caminhada queríamos ver o Rosa de Saron. Bonita a imagem de milhares de jovens com seus celulares acesos apontados para o alto expressando o desejo de que uma pequena luz se junte às outras e assim sinalizem que Deus está no meio de nós. A canção dizia “hoje muitos choram, mas não desistem de viver”, e isto só é possível por causa das duas certezas fundamentais – “registradas na alma”, como dizia Moysés na adoração – que consistem em “saber ser amado por Deus e permitir-se sempre ser encontrado por este amor, não fugindo dele jamais”. Rosa de Saron foi simplesmente apaixonante no Halleluya. Bendito seja Deus! Bendito seja o Seu amor, pois é este amor que nos faz cantar: “Em você eu sei me sinto forte, com você não temo a minha sorte, e eu sei que isso veio de você!”.
Antonio Marcos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: